11/10/2015

Filme: "O Terminal (2004)"

"Nesse momento você tem medo de voltar para o seu país?"

"The Terminal" é um filme triste, principalmente por ser inspirado na história real do iraniano Merhan Nasseri, que viveu durante 16 anos completos no aeroporto Charles De Gaulle, em Paris, por ter sido impedido de entrar na capital francesa. Sem dinheiro para voltar ao Irã, Merhan acabou transformando o aeroporto em residência.

O cineasta Steven Spielberg criou uma versão romanceada para o caso. O lançamento aconteceu em 2004 e é considerado um dos filmes mais fracos do diretor.

Viktor Navorski (Tom Hanks) é um cidadão é imigrante de um pequeno país do Leste Europeu, chamado Krakhozia. Ele viaja rumo a Nova York justamente quando seu país sofre um golpe de estado, o que faz com que seu passaporte seja invalidado.
Ao chegar no aeroporto, Viktor não consegue autorização para entrar nos Estados Unidos. Quando a administração do aeroporto JFK descobre o fato, percebe que tem um problema nas mãos.
Com identidade inválida, o viajante não pode ser autorizado a entrar nos EUA. Tampouco pode ser deportado, pois oficialmente a Krakhozia deixou de ser um país. 
Viktor, que fala conhece poucas palavres em inglês, recebe de Frank Dixon (Stanley Tucci), o diretor do JFK, um passe especial que lhe permite circular pelo terminal de passageiros, até que a situação seja resolvida em definitivo.
Todavia, ele não pode sair de lá. O dilema passa a ser a sobrevivência. Viktor precisa arrumar trabalho, lugar onde dormir e tomar banho, tudo sem sair do aeroporto.
Porém, a situação acaba se arrastando por meses, Viktor permanece no aeroporto e passa a descobrir o complexo mundo do terminal onde está preso.
"O Terminal" possui piadas certas nos momentos certos, sendo surpreendente e hilário, além dos diálogos serem inteligentes e todas as situações muito bem exploradas. 
Entretanto, o mais interessante deste filme é a questão é que Viktor se adapta a sua nova condição de vida. Ele simplesmente não tenta seguir em frente de maneira ilegal ou desistir e voltar para casa, ele espera e passa ao espectador uma lição de paciência e perseverança muito bonita.
Não é nenhuma obra-prima, também não tem toda aquela exuberância que a maioria dos filmes de Spielberg possuem, mesmo assim é um filme que vale a pena assistir. É leve, divertido, bem produzido, com ótima fotografia e atuações excelentes, principalmente de Tom Hanks. É um filme feito para causar risos e cumpre seu propósito.
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 128 minutos
Categorias: Drama, Comédia
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 8,8