12/07/2016

Filme: "O Tempero da Vida (2003)"

"Se eu me atrasar lembre-se de olhar para as estrelas onde quer que você esteja. No céu há coisas que nós podemos ver, mas há também coisas que não podemos ver."

"Politiki kouzina" é um filme que se passa entre temperos, aromas e sabores. Foi dirigido por Tassos Boulmetis e o lançamento aconteceu em 2003.

Estava anotando alguns títulos de filmes estrangeiros quando descobri a existência deste belo filme. Ao assisti-lo, me deparei com um filme simples e refinado ao mesmo tempo, que esbanja sensibilidade e paisagens encantadoras da linda Constantinopla, atual Istambul. Os diálogos são fascinantes, repletos de frases marcantes que instigam a imaginação do espectador sobre quais seriam os 'temperos da vida'.

Essa coprodução entre Grécia e Turquia conta a história de Fanis (Georges Corraface) e seu avô Vassilis (Tassos Bandis). Ambos viviam felizes em Istambul, até que uma guerra entre os dois países separou-os.
Antes do confronto, o pequeno Fanis (Markos Osse) recebeu valiosas lições que foram sua bagagem nessa jornada chamada vida. O garoto sonhava em ser um Astrônomo. Com seu avô desenvolveu outro talento nato: o da Gastronomia.
Seu avô lhe mostra a sutileza de cada tempero. A medida exata que agrada o paladar. Que dá vida ao prato e desperta o desejo nas pessoas. Dessa forma, seu avô foi mostrando que seus dois dons estavam em harmonia: G(A)stronomia.
A guerra começa e devido seu seu pai ter nascido na Grécia, a família foi obrigada a deixar Istambul. Seu avô ficou. A partir dali o contato era somente por cartas. Fanis até tentou voltar, mas os militares o impediram. E, talvez algum dia, neto e avô voltariam a se reencontrar...
Ao partir para Atenas, Fanis também deixou para trás Saime (Gözde Akyildiz), um amor de infância que vem a se tornar a grande paixão platônica de sua vida.
"O Tempero da Vida" é um filme de rara beleza. Há momentos alegres, outros tristes, ambos tem os temperos certos, e o espectador vai encontrando as medidas certas para temperar sua própria vida. 
Através deste filme percebi que a alquimia das especiarias é um mistério tão volátil quanto o Universo. Lidar com temperos, assim como com pessoas, exige muita sabedoria. É preciso cuidado, qualquer erro nas medidas pode destruir um prato ou uma vida. O segredo para uma simples receita se transformar num prato saboroso está na utilização dos temperos corretos. O segredo para transformar a vida numa jornada deliciosa de se viver está no equilíbrio dos sentimentos.
"O Tempero da Vida" é um filme sobre amor, sobre nostalgia e principalmente, sobre saudades. Gostei e recomendo.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 108 minutos
Categorias: Drama, Comédia
Classificação: Livre
Minha Nota: 9,8


Nenhum comentário:

Postar um comentário