07/08/2017

Filme: "Alcatraz - Fuga Impossível (1979)"

"Quem desobedece as leis da sociedade vai para a cadeia. Quem desobedece as leis da cadeia, vai para Alcatraz."

"Escape from Alcatraz" é um suspense de excelente qualidade dirigido por Don Siegel. O roteiro escrito por J. Campbell Bruce e Richard Tuggle foi baseado na história real da fuga de Frank Morris da prisão situada na Ilha de Alcatraz. Lançado em 1979, este é o último filme da parceria entre Clint Eastwood e Don Siegel - num total de cinco filmes. 

Filmes sobre prisão não estão entre os meus preferidos, mas "Alcatraz - Fuga Impossível" foge à regra, é uma produção intrigante, desde a construção dos personagens ao suspense claustrofóbico, tudo funciona perfeitamente. 

A trama se passa em 1960 quando Frank Lee Morris (Clint Eastwood) chega ao presídio de segurança máxima da Ilha de Alcatraz, San Francisco. Ele possui várias tentativas de fugas em seu histórico.
Após ser registrado, Frank é enviado para conversar com o diretor da prisão (Patrick McGoohan), que o informa de que ninguém jamais conseguiu escapar da ilha, quem tentou foi recapturado ou morreu afogado no mar gelado.
Logo Frank faz amizade com os presos Litmus (Frank Ronzio), English (Paul Benjamin) e Doc (Roberts Blossom). Mas se torna inimigo de um estuprador chamado Wolf (Bruce M. Fischer), que o assedia constantemente. 
Quando Doc descobre que a punição que recebeu por pintar uma caricatura foi que jamais poderá pintar telas novamente, ele comete um ato extremo e acaba morrendo. Frank faz uma singela homenagem ao amigo, porém irrita o diretor do presídio que avisa-os que os mesmos jamais saíram de Alcatraz com vida. Litmus, com raiva, reage, mas sofre um ataque cardíaco.
Frank reencontra os ladrões de banco John e Clarence Anglin (Fred Ward e Jack Thibeau), já os conhecia de outros presídios, também conhece o novo vizinho de cela, Charley Butts (Larry Hankin). Determinado a fugir, Frank percebe que o concreto ao redor do duto de ventilação de sua cela está apodrecendo, logo a simples ideia de fugir começa a ganhar contornos de realidade.
Durante vários meses, Frank, os irmãos Anglin e Butts cavam ao redor do tubo de ventilação de suas celas com colheres (roubadas durante o almoço) e fazem um molde da grade em papel machê. E na data de 11 de junho de 1962, o grupo decide fugir da prisão...
A ilha de Alcatraz tinha fama de ser um lugar impossível de fugir, foi o único lugar que segurou presos famosos como Al Capone e Robert Franklin Stroud, mas a prisão era de segurança máxima até Frank Lee Morris ser enviado para Alcatraz. Frank era conhecido por empreender fugas espetaculares e sua inteligência acima da média o transformou em um mito. Sua fuga tem certa relevância histórica, pois foi um dos fatores que contribuíram para o fechamento do presídio em 1963 (um ano depois da fuga).
Clarence Anglin, John Anglin e Frank Lee Morris
"Alcatraz - Fuga Impossível" reproduz perfeitamente o planejamento até a realização da fuga. Mesmo falando de uma prisão, onde não se tem muito do que fazer, o filme não é monótono, pelo contrário, se mantém interessante durante os 112 minutos. Aqui, torcemos pelo vilão, nos sentimos presos junto com Frank e queremos que sua fuga seja bem sucedida. 
Com direção, enredo e atuações excelentes, a fotografia numa paleta de cores gélidas também me conquistou, remete toda a desolação do presídio mais seguro do mundo - até então. Mesmo sendo um subgênero que não me agrada, reconheço que "Alcatraz - Fuga Impossível" é um filme soberbo e inesquecível.
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 112 minutos
Categorias: Biografia, Policial, Drama
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 9,5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo Correspondente